× ENTRAR CADASTRE-SE
milho em lavoura

O que esperar do Milho para 2016 e 2017?

Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra brasileira de milho deve chegar ao montante de 83,809 milhões de toneladas nesta temporada de 2016/2017.
Ou seja, cerca de 25,7% mais produtiva do que a temporada passada, onde foram colhidos apenas 66,694 milhões de toneladas do grão.
Mas, isso não significa sucesso. Na verdade, a alta produção soma-se a baixa demanda pelo grão, levando a fortes baixas no preço!

Preço do milho continua em queda

Na última semana, depois de alguns dias de estabilidade e leve alta, o milho voltou a cair, devido a menor presença de compradores no mercado spot do cereal.

De acordo com as pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados de Economia Aplicada), os interessados na compra do milho estão apostando em novas quedas, devido a diferença de valores no mercado interno e externo, bem como o baixo ritmo de exportações do cereal.

Entre 14 e 21 de outubro, o indicador de preços ESALQ/BM&FBovespa recuou cerca de 5%, deixando o preço da saca de 60kg a pouco mais deR$41,00, durante todo o dia 21.

Mas, apesar da queda na demanda, os vendedores permanecem imóveis com relação aos preços de venda.

Essa firmeza nos preços, por parte dos vendedores, é baseada na expectativa de que as cotações tornem a subir graças aos estoques reduzidos de milho em todo o mundo.

Assim, o cenário faz com que as negociações no spot nacional fiquem extremamente lentas, o que prejudica a saída do milho e pode ter influência direta nos resultados da próxima temporada do cereal, em 2017/2018.

Diante de tudo isso, é importante que tanto o produtor, quanto compradores, corretores e cooperativas consigam manter uma ampla visão do mercado do milho, tanto externo quanto interno.

Sendo assim, a CBC disponibiliza sua plataforma de negociação de commodities, 100% online e que conecta quem está vendendo com quem quer comprar, estejam eles no mercado interno ou externo, através de operações como Bid&Ask e leilões, que contam com salas exclusivas de negociação e intermediação.

Para saber mais sobre a plataforma de CBC clique aqui, se você já conhece e deseja se cadastrar, clique aqui!