× ENTRAR CADASTRE-SE

Preço da carne bovina no atacado cai 4% em Janeiro

O mercado físico de boi gordo e carne bovina tiveram preços entre estáveis a mais baixos nesta terça-feira, dia 23. O descarte crescente das vacas que não emprenharam e as chuvas intensas de janeiro reforçam a disponibilidade maior de animais.

De acordo com a Safras & Mercado, os frigoríficos devem continuar testando o mercado nos próximos dias diante de um lento escoamento da carne bovina entre as cadeias. No atacado, a reposição para o varejo está muito aquém do esperado. Além dos estoques do mês atual, muitas ainda possuem dificuldades com os estoques de dezembro (formados com animais caros).

Promoções e concessões de preços estão cada vez mais comuns nas tabelas de carne e, assim, os negócios estão virando “leilão”. Seguindo este comportamento, o boi casado recua consecutivamente desde o início do ano e já registra a menor média em dois meses.

O mercado de carne bovina no atacado, por exemplo, já acumula, nas três últimas semanas de janeiro, 4% de desvalorização, devolvendo toda a alta ocorrida desde a última semana de novembro de 2017. Segundo levantamento da Scot consultoria, o preço médio dos cortes de dianteiro, R$ 10,41 o quilo, é o menor desde abril de 2015.

Através da CBC Agronegócios você pode se conectar com milhares de empresas para comprar ou vender seus insumos agrícolas. Basta se cadastrar, colocar sua oferta ou negociar com outras partes. Clique aqui para se cadastrar

Já é cadastrado, crie seu hábito produtivo. Insira indicações e acompanhe mercado.

Conteúdo produzido pelo Canal Rural