× ENTRAR CADASTRE-SE
banner blog noticias da semana grãos

Confira as principais notícias do mercado agrícola dessa semana!

 

Soja

A soja no mercado interno mostrou melhor movimentação ao longo desta quinta-feira nas principais praças de negociação do país. Atingindo o quinto dia consecutivo de ganhos, a oleaginosa da bolsa de Chicago (CBOT) encerrou mais uma vez no campo positivo. A moeda norte-americana também encerrou em alta, ajudando na recuperação dos preços internos. Houve relatos de comercialização em Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul.

Em Chicago alguns fatores contribuíram para a alta. A menor aversão ao risco no mercado financeiro após o produto interno bruto americano ter superado a expectativa provocou alta no petróleo e desvalorização do dólar frente a outras moedas, o que impulsionou as commodities. Além disso, o mercado monitora as informações do clima nas lavouras norte-americanas.

Nesta sexta-feira, 30, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulga o relatório de área plantada no país. Pela primeira vez na história a área de soja deve ser maior que a do milho. O órgão também revela nesta tarde os dados sobre estoques trimestrais.

Milho

Alguns negócios foram reportados para o milho, no entanto, o mercado brasileiro está em compasso de espera. Os compradores ainda sustentam a estratégia de comprar volumes apenas pontuais, aguardando pela entrada da maior parcela segunda safra. Os analistas indicam que conforme os trabalhos no campo continuem a tendência de queda aumenta. Veja como fechou o preço do milho.

Na bolsa de Chicago as cotações tiveram uma predominante alta entre os principais contratos em vigência. A alta do petróleo no decorrer do dia e os números envolvendo o PIB americano também contribuíram para o pregão ficar no campo positivo. O mercado também aguarda os relatórios que serão divulgados nesta sexta-feira. No curto e médio prazo os modelos climáticos envolvendo o meio-oeste americano ainda são essenciais para a formação da tendência de preços.

Trigo

Um dos destaques foi a expressiva alta do trigo na bolsa de Chicago. O cereal teve um ganho de cerca de 5% devido às preocupações com um clima mais seco nas lavouras americanas, o que poderia reduzir a produção de trigo por lá. Esta foi a terceira sessão consecutiva que a bolsa ficou no positivo.

Aqui no Brasil o mercado de trigo se aproxima do encerramento da última semana de junho com elevações de preços, justificadas por uma oferta menor, tanto no âmbito doméstico, quanto no Mercado Comum do Sul (Mercosul). Por outro lado, é importante destacar que a maioria das indústrias de maior porte encontram-se bem abastecidas, tendo antecipado as compras quando as cotações estavam mais baixas, tendo pouca necessidade de novas aquisições neste momento. Veja o preço do trigo.

No Paraná a evolução do plantio atinge 92% da área esperada, entrando na reta final dos trabalhos e sem maiores problemas relacionados ao clima. No Rio Grande do Sul, houve novamente bom avanço semanal, chegando a uma área cultivada de 71% no estado, reduzindo assim as preocupações com a janela de plantio, apesar de já ter ocorrido reportes de desistências de área nesta semana.

Já conhece a CBC Agronegócios? A CBC é o maior site de comercialização do agronegócio. Através da CBC Agronegócios você pode se conectar com milhares de empresas para comprar ou vender seus insumos agrícolas. Basta se cadastrar, colocar sua oferta ou negociar com outras partes. Clique aqui para se cadastrar

Já é cadastrado, crie seu hábito produtivo. Insira indicações e acompanhe mercado.

Conteúdo produzido pelo Canal Rural – www.canalrural.com.br. Acesse e fique por dentro das últimas notícias do agronegócio.