× ENTRAR CADASTRE-SE
bannercolheita cafe

Cerrado Mineiro: Produção de café deve ser uma das mais baixas dos últimos anos

 

A produção cafeeira na região do Cerrado Mineiro, que inicia a colheita nos próximos meses, deve ser uma das mais baixas da última década, não passando das 04 milhões de sacas. Ou seja, uma queda de mais de 30% em relação ao ano passado.

De acordo com a Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé), isso acontece porque as plantas tiveram uma carga muito alta em 2016 e, seguindo a bienalidade do café, esse ano elas devem se recuperar da produção anterior.

Em 2016, a região produziu sozinha mais de 7 milhões de sacas, fazendo com que os produtores investissem no trato cultural das lavouras, o que aumentou ainda mais a produção. Todavia, este ano a situação é bem diferente, com a diminuição da produtividade, os custos de produção devem subir bastante.

Mas, como era de se esperar, a região conta com algum estoque do grão e deve utilizar este estoque para complementar o baixo rendimento da lavoura e, em 2018, a produção deve voltar a ser bastante alta, principalmente devido a renovação do parque cafeeiro. Porém, até lá, é preciso que tanto o produtor, quanto as cooperativas, indústrias e traders ampliem sua visão do mercado e abram novas frentes de negociação, a fim de se evitar que essa queda na produção se torne um problema financeiro.

E é justamente em momentos como este que a plataforma da CBC reafirma a sua importância dentro do agronegócio. Através da nossa plataforma todos os agentes do agronegócio podem operar através de ações Bid&Ask, comprando e vendendo café, bem como outras commodities e insumos agrícolas através de uma plataforma online, que pode ser acessada pelo computador, notebook, tablet ou smartphone.

Além disso, a plataforma de comercialização online ainda conta com salas exclusivas de negociação e mediação, 100% seguras, para que as operações sejam feitas com total sigilo.

Quer saber mais sobre a plataforma da CBC? Então clique aqui. Já conhece a plataforma e deseja começar a negociar no agronegócio interno e externo, agora mesmo? Então clique aqui!