× ENTRAR CADASTRE-SE
banner blog algodao

Algodão: Negociação segue difícil e vendedores estão irredutíveis

 

Depois de sofrer um recuo de quase 2% em fevereiro, o indicador do algodão em pluma 41-4, posta em São Paulo com pagamento em 08 dias, agora acumula uma alta de quase 1%, nas primeiras duas semanas de março, fechando a semana passada em R$2,7352/lp segundo o indicador CEPEA/ESALQ.

De acordo com o CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), os vendedores continuam firmes em seus preços, mesmo com os valores pedidos sendo bastante superiores aos ofertados pelos compradores no spot.

Segundo a instituição, isso acontece porque os vendedores se respaldam na possibilidade de que o volume restante da temporada 2015/2016 não venha a ser suficiente para manter as indústrias em funcionamento até a próxima colheita.

Todavia, isso vem acirrando as negociações entre quem compra e quem vende no mercado interno, fazendo com que o número de negócios fechados ao longo do dia seja bem menor.  Sem contar que, nos últimos dias, muitas indústrias se colocaram completamente fora do mercado, apostando nos seus estoques e na entrega já contratada.

Todo este cenário faz com que as negociações no método tradicional se tornem bem mais complicadas, de modo que tanto os compradores quanto os vendedores precisem buscar ampliar seus horizontes para fechar novos negócios. Para isso, a CBC disponibiliza a sua plataforma de negociação 100% online, onde indústrias, produtores, cooperativas e traders podem operar através de operações Bid&Ask, comprando e vendendo algodão, bem como outras commodities e insumos agrícolas tanto no mercado interno quanto externo.

Além disso, a plataforma conta com exclusivas salas de negociação e intermediação, completamente seguras e sigilosas para que ocorra o fechamento com o máximo de descrição possível.

Se você deseja conhecer a plataforma da CBC, clique aqui. Agora, se você já está pronto para começar a comercializar no agronegócio, basta clicar aqui e fazer o seu cadastro!