× ENTRAR CADASTRE-SE

Por Evelyn Gomes

Hoje, 11/08, é mais uma quinta-feira de #AgroPorEstado aqui no blog da CBC e o nosso escolhido é mais um representante da região sudeste do país, lembrando que por aqui já falamos de São Paulo e Minas Gerais. E, como não falar do Espírito Santo? O estado que conta com pioneirismo produtivo em oito diferentes tipos de produtos, entre eles, um dos tipos de grãos que a maioria dos brasileiros ama, o café.

Os capixabas são os maiores produtores nacionais e exportadores do Café Conilon além de Mamão, Pimenta do Reino, Gengibre, é o maior exportador nacional de Pimenta Rosa sem contar que está nos primeiros lugares de cultivo de Chuchu, Inhame, Taioba e Ovos de Codorna. Porém a variedade do estado não acaba por aí, a gama de produtos segue com Cacau, Morango, Repolho, Café Arábica e Ovos de Galinha cuja cidade de Santa Maria do Jequitibá na região central serrana tem posição de destaque sendo a maior produtora brasileira do item.

O agronegócio é um setor extremamente importante e estratégico para o estado já que ele corresponde a 33% da geração de riquezas do estado, isso é, o PIB (Produto Interno Bruto), configurando como a atividade econômica mais importante de 80% dos municípios capixabas além de absorver um terço de toda a força de trabalho disponível. Contudo, é importante se levar em conta de que esses números incluem toda a cadeia da agroindústria como transportes, comércios e serviços ligados ao setor.

Segundo último censo agropecuário do IBGE (Instituto de Geografia e Estatística) realizado em 2017, o estado conta com uma área de 3,2 milhões de hectares, conta com mais de 108 mil estabelecimentos e um número superior a 357 mil trabalhadores relacionados ao agro. Ainda de acordo com o mesmo levantamento 49,1% das terras são utilizadas para pastagem, 23,8% são destinadas a lavoura enquanto 27,1% são consideradas matas.

Quando falamos sobre as lavouras, os números também são impactantes já dos 713.046 de hectares de terras utilizadas, 563.256 são lavouras permanentes enquanto 149.790 são lavouras temporárias. Enquanto isso, as pastagens que ocupam um território equivalente ao total de 1.468.136 hectares, tem apenas 5.443 hectares de pastagens naturais.

 Das propriedades que praticam a atividade agrícola mais de 49.359 realizam o plantio em nível, 17.524 fazem a torração de cultura ao passo que 12.836 estabelecimentos fazem o pousio de solos, e ainda há outras atividades importantes como Proteção e/ou Conservação de Encostas (7.212), Reflorestamento para proteção de Nascentes (7.225), Recuperação de Mata Ciliar (4.772), Estabilização de voçorocas (1430), Manejo Florestal (808).

A agricultura familiar também forma uma base importante para a agricultura capixaba, levando em consideração que 130 mil famílias tem o seu sustento ligado ao café como um todo, assim como a Pimenta Rosa que é altamente utilizada na indústria de cosméticos tem seu desenvolvimento ligado a agricultura familiar. O cacau, por sua vez, tem ganho cada vez mais destaque e está presente em mais de 50 cidades, permitindo que o Espírito Santo já conte com mais de 26 marcas de chocolate artesanal e uma média de 400 produtores.

Já negociam com o Espírito Santo? Sabiam todas essas informações?